ANH - ANHALONIUM LEWINII - Peyotl , Lophophora williamsii


MATERIA MEDICA - DR ALFREDO EUGÊNIO VERVLOET
ANHALONIUM LEWINII  - Mescal Burton (Cacto do México)

REINO VEGETAL - MIASMA CANCERINICO
Mescal é uma essência intoxicante forte destilada do Pulque fuerte. Pulque é feito da Agave Americana do México, conhecida no local como Maguei que é betida nacional do México. Os índios chamam Peyote. Ela enfraquece o coração, provoca insa-. nidade. Seus efeitos mais contundentes aparecem no nervo auditivo porque ela torna "cada nota no piano um centro de melodia que parece rodeado por uma auréola colorida pulsando no ritmo da música" (Horn. World).
Provoca uma forma de intoxicação acompanhada por visões maravilhosas, extremamente bonitas, com variadas modificações caleidoscópicas e uma sensação de capacidade física aumentada. Também visões de monstros e de várias formas horríveis. É um tônico cardíaco e estimulante respiratório. Histeria e insónia. Um remédio para cansaço mental, delírio, enxaqueca, alucinações, com visões coloridas brilhantes. Falta de coordenação motora. Depressão muscular extrema; reflexo no joelho aumentado. Paraplegia.
Mente - Perda da noção do tempo. Dificuldade de expressão. Desconfiança e ressentimento. Satisfação com a indolência.
Cabeça - Dói com a visão perturbada. Objetos fantásticos, coloridos, brilhantes, em movimento. Afetada pelo ritmo das pulsações. Pupilas dilatadas, vertigem, cansaço cerebral. Fantasmas multicores. Reverberação exagerada dos sons comuns. Relacionamento - Comparar com Agave. A intoxicação com Anhalonium é semelhante à de Cannabis indica e de Oeanthe. Dose - Tintura.

 

MATERIA MEDICA - CLARKE (PORTUGUÊS)
Introdução
Botões Mescal.
N. O. Cactacee.
Tintura, extrato ou infusão.
Havelock Ellis diz: "Primeiro cortei os botões em pequenos fragmentos e despejei em água fervente duas vezes, uma única infusão está inativa."

Generalidades
Incoordenação motora.
Depressão muscular extrema, não quero mexer, todo o corpo se sente relaxado.
Contentamento preguiçoso, "uma terra onde é sempre a tarde".
O fino tremor nas extremidades inferiores, antecipando as visões, incapaz de andar sem assistência, pode dificultar a instalação.

Características
A planta da qual os botões do mescal são obtidos cresce em solo árido e rochoso no vale do Rio Grande. É usado por algumas tribos indígenas em suas cerimônias religiosas.
Foi recentemente testado cientificamente, uma prova notável foi feita pelo Dr. Wier Mitchell. Dr. E. M. Hale coletou os fatos sobre a droga em um artigo publicado no Hahnemannian Monthly. A principal característica da ação da droga é a produção de visões coloridas de mais poder de excesso de brilho, associadas a formas móveis de design fantástico, sendo o movimento regulado um pouco no tempo pela música.
Nas cerimônias indianas, a batida constante dos tomógrafos é uma característica essencial.
Outros sintomas são a perda da concepção do tempo, dor de cabeça occipital, sensação de cansaço na cabeça, náusea.
Tremor de músculos, aumento de instabilidade e perda de poder de coordenação.
Sobre o provador, Havelock Ellis, notou uma desaceleração distinta do pulso, leve desmaio e respiração superficial, mas não havia nenhum dos terríveis sintomas cardíacos dos outros Cactos. A condição mais proeminente é pior em fechar olhos.
A náusea e a fraqueza foram piores em movimento.
Há uma grande falta de inclinação para se mover.
melhor Deitada.

Clínico
Cérebro-fag.
Delírio.
Dor de cabeça.
Alucinações.
Megrim.
Fraqueza mental.
Neurastenia.
Paraplegia.
Sentidos desordenados.
Visões, distúrbios de cor.

Mente
Devaneio.
O tempo parece longo, os intervalos entre as palavras e as frases parecem excessivamente longos.
Não consegue encontrar a palavra certa, com dificuldade de enunciação.
Parece ter uma dupla personalidade.
Desconfiança e ressentimento, acha que os companheiros estão rindo dele, quer fazer violência.
Consciência de energia incomum e poder intelectual (que, quando testado, foi encontrado para não existir realmente).
Senso de superioridade e bem-estar.
Senso de depressão e inferioridade.

Cabeça
Cefaléia frontal (esquerda) com ziguezagues visuais.
Dor de cabeça occipital, com visão perturbada.
Dor persistente e sensação de cansaço na região occipital (com duração de vários dias e impossibilitando o trabalho).
(Ele rapidamente removeu a dor de cabeça em um único poder.)

Olhos
Visões em todas as cores, em movimento, fantásticas, de superação de brilho, em desenhos (às vezes grotescos), cenas em movimento, danças, afetadas pelo tempo batendo, dissipadas ou modificadas pela abertura dos olhos, parcialmente sob controle por um esforço de pensamento.
Os objetos naturais parecem mais brilhantes, as sombras se aprofundam, o tremeluzir de luzes é muito exagerado.
Alunos dilatados.
Acomodação prejudicada.
Ptose.

Orelhas
Impressões de som e visões aumentadas por qualquer estimulação acentuada da pele.
Reverberação exagerada de sons comuns.

Nariz
O ar parecia cheio de perfume vago.
Cheiro embotado, não poderia dizer se a tintura de asafetida era ou não um perfume.

Cara
Desacordo para fazer o menor movimento, as pálpebras caem, elas quase não movem os lábios e as mandíbulas ao articular.

Boca
Grande dificuldade em falar, em parte pela paralisia da língua, em parte pela lentidão do pensamento.

Estômago
Náusea, pior em movimento, totalmente melhor ao deitar.

Membros inferiores
Um tremor fino nas extremidades inferiores.

Dormir
Sonolência, seguida pela consciência de energia incomum.

Relacionamentos
Compare: Cann-i. (senso de tempo desordenado, visões fantásticas), Gels. (paralisia de acomodação), Bell., Stram., Op., Pic-ac., Pip-m., Coff., Coca, Plat. (objetos parecem pequenos e distantes), Psor. (melhor deitado).

Coração
Pulso abrandou.
Respiração superficial.
Desmaio.



MATÉRIAS MÉDICAS

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES