ARUM-M - ARUM MACULATUM


MATERIA MEDICA - CLARKE (PORTUGUÊS)

ARUM MACULATUM

REINO VEGETAL - MIASMA MALARICO - SANKARAN


Introdução
Cuco-pinta.
N. O. Araceae. Tintura de tubérculo fresco ou milho.

Generalidades
Convulsões violentas.
Grande depressão física e lassidão.
Inclinação irreprimível para dormir após as refeições, o rosto ficando mais vermelho do que o habitual durante o sono.

Características
Os principais sintomas do Arum-m. são as seguintes: Inflamação e ulceração das membranas mucosas.
Irritação violenta do nariz e dos olhos.
Dor no lado esquerdo do nariz.
Polipo nasal.
Sangramento de membranas mucosas e cavidades.
Língua inchada, picada, ardendo, queimando, escoriada.
Queimação, dores pungentes na boca e nos lábios "como com uma centena de agulhas". Cócegas e queimação na garganta.
Sensação de um inchaço no lado esquerdo acima da laringe.
Rouquidão.
Do abdômen ascendendo ao tórax, uma opressão sobre o peito inteiro, com hálito quente, ele então subiu para a garganta.
Queimando, constrição de dor no estômago.
Ascarides foram curadas por ele, também prolapsus ani.

Clínico
Ascarides.
Asma.
Catarro.
Coryza
Polipo nasal.
Prolapsus ani.
Scorbutus.
Engolindo, constante.

Boca
As gengivas sangram prontamente.
Língua tão inchada que ele não conseguia engolir.

Garganta
Dor na garganta, com deglutição difícil, como se de constrição no esôfago, com inclinação constante para engolir, depois de beber, sensação como se algo estivesse ligado à epiglote.
Rouquidão obstinada.
Pressão na laringe.
Cócegas, com inclinação para tossir.

Abdômen
Sensação de vazio após o café da manhã no abdômen, como depois de vomitar, com contração no abdômen, como de ansiedade e medo.
Dor intensa entre o umbigo e o quadril, especialmente quando se está em pé ou deitado de lado, ou se inspira profundamente, com grande sensibilidade da parte afetada à pressão externa.

Órgãos urinários
Urina clara e aquosa, exalando um cheiro de chifre queimado e depositando um sedimento turvo.

Genitália feminina
Catamenia profusa.

Órgãos respiratórios
Fleuma nos órgãos respiratórios.
Tosse forte e violenta, com expectoração escassa.
Depois de muita tosse, expectoração de muco riscado de amarelo.
Expectoração sanguinea.

Relacionamentos
Antidoted by: Óleo doce, leite, manteiga.
Goma alivia o efeito pungente na boca.
Comparar: Arum t.

 

MATERIA MEDICA - TIMÓTEO F. ALLEN PURE MATERIA MEDICA (PORTUGUÊS)
ARUM MACULATUM.

A. maculatum, Linn. Nat. ordem, Aracee. Nomes comuns, Cuckoopint, Gefleckte Aronstab, etc. Preparação, Tintura a partir da raiz.

Autoridades 1, Hering, Archiv., 13, 1, 169; 2, Gessner Frænkische Sammlung, Tox .; 3, Bullard, Hist. d. Plantes Vénéneuses; 4, Haller, Hist. d. Plantes; 5, Junker, Conspectus Therap; 6, Weitsch, Dissert. d. Aro Mac., 1798; 7, Schellas, Dissert. d. Aro, 1701; 8, Stork em Plenck Tox., 1785; 9, Kolbani, 1807; 10, Repert de Buchner, um dr. de raiz em pó; 11, Canzella Gazetta, Med. d. Parto, criança três anos velho comeu raízes e flores; 12, Steele, Lancet, 1872, mastigando o caule; (O caso de Frazer, Brit. Med. J., 1861, é de origem duvidosa).

CABEÇA. ? Leve pressão na têmpora esquerda, [1].

ORELHA. ? Uma pressão abaixo das orelhas, atrás da mandíbula inferior, [1].

BOCA. ? Sangramento das gengivas (no beijo), imediatamente, [1]. ? Inchaço da língua, [12]. ? Suas línguas estavam tão inchadas que não podiam engolir (três crianças), [8]. ? Lancinações na língua, a partir de picadas de alfinete, [7]. ? Costura e queima na língua, com duração de várias horas, [2]. ? Queima dores na boca e nos lábios, [11]. ? Efeito cáustico da droga, por toda parte nos lábios e na boca, e até onde se pode ver, [11]. [10.] Salivação, [12].

GARGANTA. ? Garganta tão inchada que uma sonda não pode ser introduzida no “esôfago” [11]. ? Cócegas na garganta se torna uma queima violenta, [10]. ? Pressão na garganta, que provoca deglutição; parece muito estreito; engolir é difícil, como se houvesse um inchaço do lado esquerdo acima da laringe, [1]. ? Dor ao pressionar com o dedo no lado esquerdo da garganta, perto da traquéia, abaixo da laringe, [1]. ? Dor pungente na língua, garganta e sôfago, [12]. ? Engolir difícil, como se o "paladar estivesse baixo" [1]. ? Deglutição impossível, [11].

ESTÔMAGO. ? Perda de apetite por vários dias, [12]. ? Vômito por várias horas, [12]. [20.] Vômito de sangue, [4]. ? Cardialgia (Stork, Tox., Plenck), 1785, [8]. ? Esteatose fatal, [9]. ? Dor no estômago ao pressioná-lo, [11].

ABDÔMEN. ? Vazio no abdômen, como depois de vomitar, as manhãs depois de comer, [1]. ? Opressão no abdômen, como em grande ansiedade e medo, sem palpitação depois disso subiu ao peito, de modo que ele sentiu uma opressão sobre todo o peito, com a respiração quente; então subiu para a garganta, primeiro como uma pressão de fora para dentro, na parte de trás do palato, acima da laringe; provoca deglutição, o que é difícil; depois parece muito estreito, [1]. ? Pressão dolorosa severa em um ponto no abdômen, entre o umbigo e a parte superior do quadril, especialmente quando em pé, ou deitado de lado ou de costas, a maioria em encher o tórax, ou fazer os músculos abdominais ficarem tensos; é doloroso para a pressão externa, [3].

BANCO E ANUS. ? Diarrhœa muito ruim, [3].

ÓRGÃOS URINÁRIOS. ? Emissão de sangue da uretra, [4]. ? Aumento da secreção de urina, [6]. [30.] Urina aquosa; cheira quase como chifre queimado; fica nublado no meio em pé, [1].

APARELHO RESPIRATÓRIO. ? A rouquidão dura vários dias, [10]. ? Sputa sangrenta, [4].

GENERALIDADES ? Convulsões horríveis e morte (de uma criança), [3]. ? Grande lassidão geral (em uma pessoa ativa), [1]. ? Prostrado, incapaz de falar, levantando as mãos frequentemente para a boca e garganta, proferindo em intervalos um grito agudo, e iniciando como se estivesse sufocado, [11]. ? Torpor profundo, seguido por reação febril violenta, [11].

SONO E SONHOS. ? Sonolência quase incontrolável, especialmente uma hora depois do jantar; dorme com a cara vermelha (em três provadores o mesmo), [1]. ? Muito taciturno; sonolento depois de comer; olhos fechados prontamente, [1].

FEBRE. ? Ela excita a transpiração, [6]. [40.] Transpiração muito profusa, mesmo no caso de pessoas geralmente indispostas a transpirar, [5].



MATÉRIAS MÉDICAS

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
  • F
  • G
  • H
  • I
  • J
  • K
  • L
  • M
  • N
  • O
  • P
  • Q
  • R
  • S
  • T
  • U
  • V
  • W
  • X
  • Y
  • Z

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES