Leia nosso

Post

publicado em 23/03/2016

escrito por Evanildo Viana*
Número de visitas: 1140

 


Quando indicar uma homeopatia a um indivíduo, tão importante como encontrar a similitude da pessoa com o medicamento, isto é, aquele medicamento que cobre o maior número de sintomas, é saber usar a diluição correta, ou seja, a que trará um alívio rápido dos sintomas, sejam eles, físico mental ou emocional.
Grandes mestres da homeopatia como Kent, Sankaran e outros, são categóricos quanto a essa questão, é claro que apenas observaram o que ensinou o grande mestre Samuel Hahemann, no sexto organon, “quanto mais distante estiver a diluição da doença original, mais rápida suave e duradoura é a cura”. Da mesma forma podemos concluir que, quanto mais próxima a diluição estiver da doença original, mais chance teremos de provocar no indivíduo, agravamentos.
Certamente existe até uma certa cultura de que na homeopatia, piora, ou seja o quadro se agrava para depois melhorar, isso só acontecerá se não for indicado a diluição ideal para cada caso, observando o nível e o grau de adoecimento. chegamos a essa conclusão, quando descobrimos o miasma e o reino em que a pessoa está vibrando.

*Evanildo Viana (Diretor Administrativo da ABRAHCON)

Comentários

cadastre-se e receba nossas novidades

Parceiros

Contato

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DAS 09 ÀS 17 HORAS DE SEGUNDA A SEXTA


WhatsApp:

(61) 98582 1243
(61) 99958 8017
(61) 98501 1243

CHAT ON-LINE:
SEGUNDA À SEXTA, DAS 9 ÀS 18

E-mail:
atendimento@abrahcon.com

Central de Atendimento:

(61) 3346-4481

Formas de pagamento

Selos