Leia nosso

Post

publicado em 20/01/2016

escrito por Rudmar Moscarelli
Número de visitas: 2243

Até aos nossos dias, há controvérsias a respeito do uso do café durante o tratamento homeopático. Mas tudo isso por falta de conhecimento dessa bebida excitante e amada por todos em quase todo o planeta.

Durante muitos anos, o mundo só conhecia uma única forma de prepara o café, o modo Árabe, o qual, não filtra. O consome na forma de decocção. Essa forma de processar o café colocando água fervendo sobre o café moído grosseiramente e ligeiramente torrado, servido junto com a borra, deixando a concentração de cafeína em níveis nocivos à saúde.

O café torrado e filtrado à moda brasileira, essa bebida torna-se salutar desde que, seja consumida com moderação,

O café ao ser torrado, elimina quase toda a cafeína, deixando somente a cafeona e o cafeol. Substâncias que dão o aroma durante a filtragem.

Quando este é filtrado, os resquícios da cafeína, fica no coador, liberando somente a cafeona e o cafeol, os quais, são benéficos à saúde.

Essas substâncias químicas, tem efeitos semelhantes à das leucomaínas da série púrica, a qual é encontrada em diferentes tecidos, humores, ou excreções do organismo, produzindo as reações da saúde.

O café não irá interferir na ação dos remédios homeopáticos.

Deve ser ingerido duas horas antes de administrar o remédio homeopático, ou meia hora após.

Deverá ser bebido em filtração recente, pois depois de reaquecido, produz ácido cafetânico, que o deixará indigesto. O mesmo acontece quando deixado por muito tempo em garrafas térmicas.

Comentários

cadastre-se e receba nossas novidades

Parceiros

Contato

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DAS 09 ÀS 17 HORAS DE SEGUNDA A SEXTA


WhatsApp:

(61) 98582 1243
(61) 99958 8017
(61) 98501 1243

CHAT ON-LINE:
SEGUNDA À SEXTA, DAS 9 ÀS 18

E-mail:
atendimento@abrahcon.com

Central de Atendimento:

(61) 3346-4481

Formas de pagamento

Selos